Maracutaia Made in Italy

corrupçao
Na Itália, fraude e corrupção são coisas profundamente arraigadas na administração pública, na sociedade civil e no setor privado.
E’ o que diz o Council of Europe – órgão responsável pelo monitoramento e avaliação dos níveis de corrupção de seus países-membro.
No ano passado, coube ao Transparency International, dar nota 4.8 à Itália (numa escala de 0 a 10), comparando-a, nesse aspecto, a países do Terceiro-Mundo.     Dinamarca, Suécia, e Finlândia foram classificados respectivamente, como os menos corruptos no ranking mundial.

Em terras italianas, virou coisa normal e corriqueira o pagamento de propinas na hora de obter uma licença, um atestado,  fechar um contrato, e até comprar diploma universitário para exercer ilegal e indevidamente uma profissão.

Isso tudo, é claro, para não falarmos dos esquemas e maracutaias que rolam soltas no milionário mundo do futebol e

de outras coisinhas, mais ou menos, sórdidas….

De qualquer modo, a entidade convida as autoridades italianas a tomar sérias providências (além de vergonha na cara, obviamente).

FONTE: Council of Europe